Muitas pessoas consideram os ovos como uma boa fonte de proteínas – e eles realmente o são. Um pequeno ovo de galinha provê 6g de proteínas de boa qualidade. Essa proteína  encontra-se  principalmente na parte branca – a clara; enquanto a gema é rica em colesterol, gorduras e vitamina E. A maioria das mulheres ativas precisam de 66 a 80g de proteínas por dia, enquanto os homens precisam de 84 a 98g. Quatro ovos pequenos, dois pedaços de frango e um copo cheio de leite semidesnatado têm aproximadamente 60g de proteínas, portanto, não é difícil bater as metas.

Mas não é só de proteínas prontas que o corpo precisa, mas também das unidades menores – os aminoácidos – com os quais as proteínas são construídas. Há 20 aminoácidos principais, que podem  ser adicionados para formar centenas de proteínas diferentes. Mas os 20 precisam estar presentes ao mesmo tempo para sintetizar a proteína – se um estiver faltando, não haverá produto final. É como se um fabricante de bicicletas precisasse fabricar 100 bicicletas. Ele precisa de 100 quadros, 200 rodas e 200 pedais, mas ele só tem 80 selins. Isso impede que ele termine o trabalho. O corpo pode construir 12 dos 20 aminoácidos, mas precisa retirar os outros 8 da alimentação – e é aqui que os ovos desempenham seu papel, já que eles contém todos os aminoácidos essenciais.

Outra vantagem dos ovos é que eles te deixam satisfeito rapidamente – tornando o humilde ovo um dos alimentos naturais mais ricos e convenientes.

Espreite a última edição da nossa revista

Há mais de 50 páginas que ainda não conhece - clique abaixo