Eden Hazard voltou a estar no topo do mundo! E voltou, nesta presente época, a estar no top10 futebolistas mundiais. Em entrevista à fft ele elegeu os 6 princípios que o levaram a ser um dos melhores:

Nunca estar satisfeito

“Como jogador, eu estou sempre a exigir mais de mim mesmo. Eu não quero apenas ganhar a Liga dos Campeões; Quero ganhar a Premier League e a FA Cup. Quero ganhar tudo! Isso é o que me leva a ser melhor. Na época passada eu marquei 14 gols na Premier League – isso não é suficiente. Eu tenho que marcar mais nesta temporada. Eu tenho essa ambição . Se tu queres ser um jogador de topo,  nunca pode ficar satisfeito.Tens sempre de querer mais.

Respeitar o adversário

“A Premier League tem-me ensinado que qualquer equipa pode ganhar o jogo; Mesmo quando se joga contra as equipas menores, eles são capazes de aumentar o seu desempenho para causar uma virada no marcador. Quando jogas em uma grande equipa, todos querem ganhar-te. É preciso ter uma mentalidade competitiva e certificar-se de que estás a encarar cada jogo com a atitude certa. ”

Avaliar sempre o meu desempenho

“Depois do jogo eu sempre sei se joguei bem ou mal. Como um jogador de futebol  tens que refletir sobre o teu desempenho, mas é importante que você seja honesto consigo mesmo. Joguei bem! Então quero jogar de novo assim. Não é possível – bem, deves sempre querer mais.”

Ouvir o Treinador

“É importante ouvir instruções táticas do treinador, especialmente quando jogas no meio-campo, onde  tens a responsabilidade de atacar e defender. A melhor maneira de defender é manter a bola. Se  tens a bola, o teu oponente não pode marcar. Quando  tens a bola, não tentes forçar o jogo – espere o momento certo para tentar marcar. Quando não tens a bola, pressione o adversário e forçá-los a cometer erros.”

Pensar SEMPRE na equipa

“Há momentos em que tens que adaptar teu jogo natural para ajudar a equipa. Como um jogador atacante, jogando para uma equipa de topo, eu aprendi que eu tenho que apoiar a defesa e não apenas o ataque. Pode ser difícil, porque podes querer ajudar a equipa, a criar uma oportunidade de golo, mas tens que fazer o que o jogo exige.”

Jogar pelo Jogo e pelo amor ao jogo

“Quando eu era criança, eu costumava ficar em casa e ir para o jardim para praticar as minhas habilidades. Também aprendi muito ao ver Ronaldinho e Robinho no YouTube. O futebol é um jogo tático e  tens que ser profissional no campo, mas continua a sorrir e divirta-se. Eu jogo para os fãs. Eu amo entretê-los.”

Espreite a última edição da nossa revista

Há mais de 50 páginas que ainda não conhece - clique abaixo