Drible (ou driblar) é a técnica que permite ao jogador se mover com a bola em uma direção em que ultrapassa o adversário sem que este lhe consiga retirar a bola (ou definição pode ser: a ação de desvencilhar-se do adversário gingando o corpo enquanto se controla a bola).

As seguintes qualidades são necessárias para dribles de sucesso:

  • Criatividade
  • Imaginação
  • Mobilidade
  • coordenação mente-corpo
  • A capacidade de mudar o ritmo

Existem diferentes métodos de drible, e podem ser classificados da seguinte forma:

  • Simples: o adversário é superado sem qualquer ação preparatória.
  • Combinado: o jogador primeiro executa uma simulação para derrotar o adversário.

Os diferentes métodos também podem ser classificados de acordo com a maneira como o oponente é “outplayed” (uma ou mais ações ao driblar):

  • Velocidade: subitamente acelerando ou parando.
  • Decepção: usando fintas para confundir o adversário.
  • Blindagem: a bola é protegida pelo corpo do jogador em todos os momentos.

Quando driblando, o jogador usa certas técnicas para mover a bola ao longo do campo, enquanto mantém a bola sob controlo. As diferentes formas de mover a bola podem ser diferenciadas por:

  • Superfície de contato: Dentro ou fora do sapato como a superfície primária; fora do pé e sola do pé como superfície importante; calcanhar e dedos só em casos especiais
  • velocidade de execução: Lento ou Rápido

Há também a mudança de ritmo: mude o ritmo ao mudar de direção, alterne passos lentos e rápidos. Note-se também, que o treino de driblar e mover a bola deve sempre ser acompanhado por amortecimento e / ou recepção do esférico.

Técnica 1: Deceção: O jogador move-se em direção ao defensor, procura a melhor posição. Se o oponente tem uma postura aberta, ele bloqueia a bola e passa por as pernas do oponente, correm ao redor dele e então pegam a bola novamente (veja abaixo um possível exemplo na imagem).

Técnica 2: Proteção da bola:O jogador fica entre a bola e o defensor e protege a bola movendo-se para a esquerda e para a direita, quando encontra uma brecha no defensor, ele passa pelo defensor ou encontrando um companheiro de equipa passa o esférico (veja abaixo um exemplo na imagem).

Técnica 3: Mover a bola com o calcanhar: O jogador dribla a bola, ele move o pé suavemente sobre a bola para a frente e começa a driblar novamente (abaixo um exemplo).

Técnica 4: Movendo a bola com o interior ou o exterior do pé: O jogador move a bola com o interior do pé. O jogador move a bola com a parte externa do pe.

Espreite a última edição da nossa revista

Há mais de 50 páginas que ainda não conhece - clique abaixo