Alguma vez já parou para se questionar se fazer sexo antes de correr pode ter algum efeito positivo ou negativo para seu corpo na hora da prova?

Os corredores costumam ser supersticiosos. “Não queremos fazer nada de um jeito diferente, mesmo que seja alguma coisa que adoramos”, afirma a ginecologista, obstetra e maratonista norte-americana Julia Levitt. “Porém, do ponto de vista fisiológico, não há motivo para não ter sexo na noite anterior a uma competição.”

De acordo com um artigo publicado na revista científica Clinical Journal of Sport Medicine, intitulado “Sexo na noite anterior a uma competição diminui o desempenho?”, que revisou três estudos sobre sexo pré-prova, não há nenhum motivo para haver queda no desempenho.

Segundo a pesquisa, considerando um casal comum, casado, cada pessoa só queima 25 a 50 kcal durante o sexo. Isso equivale a subir dois lances de escada e não vai diminuir suas reservas de glicogênio.

Entretanto, se você for correr uma maratona, deixar o sexo interferir nas suas horas de sono pode esgotar seus níveis de energia.

“Por isso, faça sexo de forma breve e agradável. Não participe de uma prova de resistência antes da própria prova de resistência”, aconselha Julia.

Além disso, o sexo rápido pode evitar que você sinta dor ou irritação no dia seguinte. Então, na medida do possível, seja delicado: uma penetração profunda e forte pode fazer o colo uterino sangrar.

Se o revestimento do seu útero é fino, você pode ter irritação e sangramento. Mesmo os loções podem provocar um pequeno sangramento em algumas mulheres. Lembre-se de que os lubrificantes à base de água podem evitar irritações provocadas por fricção.

Ref: Redação World Runner, 2018 “sexo antes da corrida faz bem ou mal ao corpo”, WHBr

Espreite a última edição da nossa revista

Há mais de 50 páginas que ainda não conhece - clique abaixo